sonetos 23


Razão, de que me serve o teu socorro? Mandas, me não amar, eu ardo ,eu; amo,  Dizes-me que sossegue, eu peno, eu morro.

Fonte: sonetos 23

Anúncios